sobrepeso

Você já fez a conta de quanto perde se não controlar o sobrepeso dos produtos?

Por Jailson Mendes – diretor da Lenke

Lk205

A indústria frigorífica tem grandes desafios, as margens apertadas exigem um controle rigoroso de rendimento e rastreabilidade para maximizar os lucros e atender à exigência do mercado. Para o alcance de metas, as empresas buscam maior rendimento através de controles de processos, com equipamentos, software e gestão eficiente. Na busca da qualidade, os processos precisam garantir confiabilidade aos seus clientes, que estão cada vez mais exigentes. Um dos pontos mais exigidos é o peso, que é a unidade de medida base dos acordos comerciais. Outro ponto muito importante nas indústrias alimentícias é a necessidade de rastreabilidade dos produtos para fornecer a segurança alimentar. O controle do peso dentro da indústria frigorífica é uma das formas de aumentar o lucro e também de evitar problemas com as especificações técnicas. Pode-se afirmar que a balança acaba tornando-se um dos equipamentos mais importantes dentro do frigorífico, porque são com as balanças que se mede o peso na cadeia produtiva, controlando desde a matéria-prima até o produto final. Assim como toda tecnologia, as balanças vêm evoluindo constantemente. O mercado está cada vez mais buscando balanças com inteligência integrada. E a balança está deixando de ser somente ‘uma balança’ para ser um ponto de controle, um ponto de gestão da produção, se conectando ao software de gestão da indústria. Uma vez que a balança alimenta um banco de dados de um sistema de gestão para que estas informações sejam usadas como ferramenta de controle da produção, será possível emitir relatórios de desempenho do processo produtivo, do controle do sobrepeso, medir a performance do ponto de empacotamento, auxiliando o administrador nas tomadas de decisões.

vp1200

Já é possível encontrar balanças de fabricação nacional com estas características dentro de um valor acessível a qualquer indústria de alimento. Por serem nacionais e sendo a meta do governo incentivar a indústria do agronegócio, o Brasil está caminhando em vias duplas. Apoiando os produtores de alimento e também os fabricantes de equipamentos para este setor, com a meta de: não basta ser o melhor em alimentos, também precisamos ser o melhor em equipamentos nacionais para processar estes alimentos. Só assim seremos autossustentáveis e teremos a garantia de que o mercado externo não pararia a nossa indústria por falta de tecnologia. Uma das empresas que vem sendo financiadas pelo governo neste sentido é a Lenke que produz toda eletrônica e equipamentos no Brasil, seus produtos estão dentro do PPB e apoiados pelo Ministério da Ciência e Tecnologia. Por ser um produto nacional é possível financiar através do BNDES também. A Lenke é uma das pioneiras no Brasil a puxar o assunto do sobrepeso, suas balanças já vêm com esta característica de balança precisa ser mais que ‘uma balança’, pois precisam estar integradas ao sistema de gestão e fornecer ferramentas para melhorar a eficiência da produção.